Fachin manda ação penal contra Lula voltar à fase de alegações
29/08/2019

Fachin manda ação penal contra Lula voltar à fase de alegações

Edson Fachin determinou nesta quarta-feira, que um dos processos que o ex-presidente Lula da Silva (PT) responde na Operação Lava Jato deve voltar à fase de alegações finais.

O processo é o que trata do suposto pagamento de R$ 12,9 milhões em propina pela Odebrecht ao petista por meio da compra de um terreno que abrigaria o Instituto Lula, em São Paulo, e uma cobertura vizinha à do petista em São Bernardo do Campo, interior de São Paulo.

A decisão de Fachin foi baseada no julgamento no qual a 2.ª Turma do STF decidiu que um réu tem direito de apresentar alegações finais e ser interrogado após os delatores do caso.

“Nada obstante, considerando o atual andamento do feito, em que ainda não se proferiu sentença, essa providência revela-se conveniente para o fim de, a um só tempo, adotar prospectivamente a compreensão atual da Corte acerca da matéria, prevenindo eventuais irregularidades processuais, até que sobrevenha pronunciamento do Plenário”, decidiu Fachin.

A cortina de fumaça da Amazônia está servindo para esses tipos de decisões.

Inscreva-se na nova rede social da direita www.fenickes.com

Curta e Compartilhe:
Fenickespb

Curta nossa página no Facebook