O MDB quer abandonar a imagem de adesista
31/08/2019

O MDB quer abandonar a imagem de adesista

O MDB quer abandonar a imagem de adesista para apostar na análise crítica do governo de Jair Bolsonaro, informou a Folha.
O documento que deve subsidiar a escolha da nova direção nacional do partido diz, que a eleição do ano passado foi plebiscitária e que “não havia o centro”.

“De um lado, havia uma esquerda radicalizada e sem propostas. De outro, um candidato de uma nova direita alternativa que se espalha pelo mundo com uma pauta muito conservadora e pouco apreço pelas normas da democracia liberal e valores civilizatórios.”

MDB em 2022 vai de Dória

Inscreva-se na rede social da direita www.fenickes.com

Curta e Compartilhe:
Fenickespb

Curta nossa página no Facebook