Schumacher é levado para fazer tratamento secreto em Paris

Michael Schumacher chegou hoje (9) ao Hospital Europeu Georges-Pompidou, em Paris, para realizar um tratamento mantido sob sigilo por seu entorno. A informação foi divulgada pelo jornal Le Parisien, que diz que o heptacampeão de Fórmula 1 será submetido a transfusões de células-tronco, com o objetivo de se obter uma ação “anti-inflamatória sistêmica”.

Segundo o jornal, Schumacher chegou ao hospital por volta das 15h40 locais (10h40 de Brasília), em uma ambulância com placas de Genebra, na Suíça. Para manter a privacidade, ele foi conduzido em uma maca coberta com um pano azul, que impedia a visão do paciente. Cerca de dez pessoas faziam a segurança do local.

O tratamento deve ser aplicado pelo cirurgião cardíaco Philippe Menasché, pioneiro no uso de terapia celular contra a insuficiência do coração. O médico também faz parte do conselho de administração do Instituto do Cérebro e da Medula Óssea do Hospital Pitié-Salpêtrière, em Paris. Além dele, Schumacher está sendo atendido pelo seu cirurgião particular, o médico Gérard Saillant.

Curta e Compartilhe:
Fenickes

Deixe um comentário