Bolsonaro tem distensão abdominal

De acordo com o boletim médico que acaba de ser divulgado, Jair Bolsonaro teve um quadro de lentificação intestinal e distensão abdominal durante a madrugada.

A equipe médica que cuida do presidente decidiu suspender a alimentação oral e introduzir a nutrição endovenosa.

Bolsonaro também foi submetido à passagem de uma sonda nasogástrica (um tubo que vai do nariz até o estômago), para facilitar a nutrição e a drenagem.

Leia o boletim médico:

“O Hospital Vila Nova Star informa que o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, encontra-se no terceiro dia de pós-operatório, permanece sem dor, afebril e sem disfunções orgânicas. Evoluiu há 12 horas com lentificação dos movimentos intestinais e distensão abdominal, sendo submetido a passagem de sonda nasogástrica e introdução de nutrição parenteral (endovenosa). Os exames laboratoriais encontram-se estáveis. A reintrodução da alimentação por via oral será avaliada diariamente e ocorrerá no momento oportuno. Segue com medidas de prevenção de trombose venosa profunda e realizando fisioterapia motora. Por ordem médica, o paciente segue com visitas restritas.”

Inscreva-se na nova rede social da direita www.fenickes.com

Curta e Compartilhe:
Fenickes

Deixe um comentário