Chamado de ladrão, Jucá diz que senador bate na mulher

O senador Telmário Mota (Pros-RR) ameaçou se retirar da sabatina de Lineu Pupo de Paula, indicado para ocupar a embaixada da Bósnia e Herzegovina, quando viu o ex-senador Romero Jucá, nas cadeiras reservadas aos parlamentares.

O presidente da sessão, Nelsinho Trad (PSD-MS), tentou explicar que Jucá estava ali como amigo do sabatinado, mas Telmário pediu que, então, seu adversário deveria estar no lugar de visitantes, então Jucá respondeu que o senador “é um palhaço”, ao que foi retrucado: “Palhaço é você, ladrão”.

Após esta primeira troca de palavras, o clima esquentou de vez que e a troca de acusações que foram de “ladrão” a “bate em mulher”, passando por “sua mulher foi presa”.

Inscreva-se na nova rede social da direita www.fenickes.com

Curta e Compartilhe:
Fenickes

Deixe um comentário