Toffoli derruba “censura” contra Porta dos Fundos e Netflix
10/01/2020

Toffoli derruba “censura” contra Porta dos Fundos e Netflix

O presidente do STF, Dias Toffoli, decidiu nesta quinta-feira (9) atender ao pedido da Netflix e derrubou a censura imposta pelo desembargador Benedicto Abicair, da 6.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Sob a alegação de “acalmar ânimos”, o desembargador havia determinado a retirada do ar de um especial de fim de ano do grupo humorístico Porta dos Fundos que retrata Jesus Cristo como um homossexual.

O processo foi sorteado no STF para ficar com o ministro Gilmar Mendes, mas foi decidido por Toffoli, responsável pela análise dos casos considerados urgentes durante o plantão do tribunal. O Supremo só retoma regularmente suas atividades no mês que vem.

Em setembro do ano passado, em outro caso de grande repercussão pública, Toffoli suspendeu uma decisão do TJ fluminense que permitia a apreensão de uma história de quadrinhos com beijo gay na Bienal do Livro.

Que tal fazer um filme avacalhando os ministros do STF, se pode com Jesus, por que não poderia com eles?

Por: Flávio Braga. Curta minha página no Facebook
Curta e Compartilhe:
Fenickespb

Curta nossa página no Facebook